Férias em NYC – Day 09

Lembram que eu comentei, lá no terceiro dia, que voltaríamos no Charging Bull para tirar a tradicional foto? Pois bem, foi assim que começou nosso penúltimo dia de viagem.

Tomamos nosso café da manhã na mesma Starbucks do terceiro dia e refizemos o caminho do Wall Street Walks até chegar no touro.

O lugar estava bem mais vazio que da outra vez. Provavelmente porque a primeira visita foi feita num sábado à tarde, essa segunda, em uma quinta de manhã cedo 🙂

Tiramos fotos com o touro, mais algumas fotos ali por perto e seguimos para a Brooklyn Bridge.

IMG_0746 IMG_0747 IMG_9566IMG_0756 IMG_0760 IMG_0764 IMG_0765  IMG_9567

Eu, que não sou muito chegada em andar sobre pontes, fiquei com um pouco de medo. Mas nada que atrapalhasse o passeio, rs.

Atravessamos a ponte com várias paradas para fotos e o Felipe quase foi atropelado por mais de um ciclista.

IMG_0768 IMG_0770 IMG_0772 IMG_0774 IMG_0775 IMG_0779 IMG_0782 IMG_0785 IMG_0788 IMG_0789 IMG_0795 IMG_0798

Descemos da ponte e caminhamos até a estação de metrô mais próxima (ou que achamos ser a mais próxima) para voltar a Manhattan. Descemos na W 4 Street e começamos nossa caminhada pelo bairro de Greenvich Village com um mapa da internet em mãos.

A primeira parada foi em frente ao Stonewall Inn. Eu também não fazia ideia de porque o mapa sugeriu a parada ali, mas olha aí o resultado da pesquisa na Wikipédia:

“A Rebelião de Stonewall  foi um conjunto de episódios de conflito violento entre gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros e a polícia de Nova Iorque que se iniciaram com uma carga policial em 28 de Junho de 1969 e duraram vários dias. Teve lugar no bar Stonewall Inn e nas ruas vizinhas, e é largamente reconhecida como o conjunto de eventos catalisadores dos modernos movimentos em defesa dos direitos civis LGBT. Stonewall foi um marco por ter sido a primeira vez em que um grande número de pessoas LGBT se juntou para resistir aos maus tratos da polícia contra a comunidade.”

IMG_0800

Na próxima esquina, encontramos a Big Gay Ice Cream Shop, que não estava no mapa, mas que eu achei o máximo, rs. Não paramos porque o espaço do doce da manhã estava reservado para a Magnólia Bakery.

IMG_0801

E foi para lá que seguimos, subindo a Bleecker Street. Quase não achamos a confeitaria, estávamos esperando algo bem maior… Entramos, eu pedi um cupcake e o Felipe um cheesecake de red velvet. Acho que ele diria que o cheesecake também está na categoria “melhores doces do mundo”.

Pegamos os doces e fomos comer um uma pracinha do outro lado da rua. Nem bem sentamos em uma mesinha de pedra e já estávamos cercados de passarinhos e uma ou duas pombas.

IMG_0807 IMG_9569

Depois de comer, continuamos nossa caminhada pelo bairro a procura do prédio do Friends 🙂

IMG_0809

De lá, seguimos para o Washington Square Park. Sentamos em um banco e ficamos ali por um tempo.

IMG_9570 IMG_9571 IMG_9572

A fome começou a bater e resolvemos pensar no almoço. Lembramos da recomendação do assistente da fotógrafa sobre um lugar onde poderíamos comer um “traditional Philly cheesestake”: o 99 Miles do Philly. Nos perdemos e já estávamos quase desistindo quando encontramos uma Starbucks e “emprestamos” o sinal do wifi para consultar o mapa. Estávamos a uma quadra do restaurante apenas!

Um lugar pequeno, como a maioria dos lugares que frequentamos para comer, mas um sanduíche realmente muito bom. Só faltou um banheiro, saí de lá precisando muito fazer xixi :-0

Seguimos em direção ao Flatiron District. Queríamos voltar no Eataly e comprar uma mala em uma loja ali por perto.

Parecia que não íamos chegar nunca e a essa altura a vontade de fazer xixi estava dominando meus pensamentos. Entramos em uma Babies “R” Us na certeza de que ali encontraríamos um banheiro – e por sorte estávamos certos. Demos uma volta pela loja, mas não achamos nada com o preço em conta para trazer para o Otávio.

Ainda no caminho, passamos em uma Barnes & Noble para dar uma olhada em mais livros, mas dessa vez esquecemos de tirar foto 😦

Chegamos ao Eataly e passamos algum tempo andando lá dentro. Mais pelo Felipe que gosta desse tipo de “mercado”. Também não compramos nada porque né, o dólar estava mais de R$ 3,20 quando compramos.

De lá fomos para a loja da mala que não me lembro mais o nome. Escolhemos uma mala grande para colocar tudo o que compramos em NYC. Ok, mentira, escolhemos uma mala grande porque não valia a pena comprar uma pequena, mas ela não ficou muito cheia não, rs.

Voltamos para o apartamento para descansar um pouco de toda nossa andança.

Saímos mais uma vez no final da tarde e fomos para a Apple Store da Grand Central Station (coisas do Felipe novamente). Compramos algumas coisas no Grand Central Market e decidimos pegar sanduíches no Shake Shack para o jantar.

Pensamos em comer por ali, mas estava muito cheio e não tinha lugar para sentar. Resolvemos pegar a comida e levar para o apartamento.

O sanduíche estava bem gostoso. Bom, o meu estava, o do Felipe estava tão apimentado que ele quase morreu :-0

Depois de comer, ajeitamo-nos para aquela que seria nossa última noite de sono em NYC.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: